terça-feira, 7 de agosto de 2012

Coréia do Norte

Esta peça foi produzida para ser apresentada em um Culto de Missões!




Trilha de Chamada de Jornal, baixo.

APR 1: Você já parou para pensar na Igreja Perseguida?
APR 2: Será que você já ouviu falar da Coréia do Norte, o lugar mais perigoso do mundo para os cristãos?
APR 1: Será que realmente você sabe o que significa “ sofrer por Cristo”?
APR 2: O jornal de hoje abordará um tema pouco falado e discutido nas Igrejas: a perseguição aos cristãos na Coreia do Norte
APR 1: Boa noite, está começando o ADEC News, o jornal da igreja perseguida.


Trilha de Abertura – Jornal Nacional

APR 1: Imagine um país onde o Estado decide onde você mora, que profissão escolher, qual esporte você pratica, o alimento que você come e se você come. Imagine um país sem nenhuma cor na roupa das pessoas e nas edificações, exceto para as imagens de propaganda que decoram apartamentos de concreto, casas e monumentos. Imagine um país onde o Grande Líder foi morto há 16 anos, mas ainda é presidente e seus seguidores famintos devem adorá-lo como um deus. Esta é a realidade sombria da Coreia do Norte.

APR 2: Este país comunista ocupa o primeiro lugar na Classificação de países por perseguição 2012 da Portas Abertas, uma ONG que se destina a ajudar países com resistência ao cristianismo. A Coreia do Norte permanece ainda na primeira posição como o país mais hostil para ser viver e praticar a fé cristã. Isto há pelo menos 3 anos. Existem relatos de que muitos cristãos são presos todos os dias no país.
APR 2: Acredita-se que pelo menos 25% dos cristãos do país estejam em campos de trabalhos forçados e prisões. Eles, em sua maioria, foram presos por se recusar a adorar o fundador do país, Kim Il-Sung.
APR 1: Em nenhum lugar do mundo a perseguição aos cristãos é tão feroz. Há necessidade de se esconder a sua fé. Possuir uma Bíblia é correr o risco de ser morto ou enviado para um campo de trabalhos forçados.

APR 2: Em 2010, centenas de cristãos foram presos. Alguns foram assassinados, outros condenados a campos de trabalhos forçados. Apesar dos riscos, a igreja continua  crescendo: há cerca de 400.000 fiéis.

APR1: A Obra do Senhor não pode parar; mesmo que o inferno se levante, a Igreja triunfará e continuará a crescer. O Ide do Senhor deve ser cumprido. Há um dever Igreja, há um dever a ser feito.

Grupo 1


APR. 2: A Coreia do Norte faz tudo que está ao seu alcance para expor os cristãos. As crianças são um instrumento importante para descobrir a atividade cristã secreta. Os professores as instruem na escola a investigar se seus pais leem um livro preto. Enganadas, elas contam que possuem este livro em casa. Recebendo elogios pela contribuição a pátria, elas voltam para seus lares, encontrando-os vazios. Seus pais foram levados e elas foram condenadas a uma vida amarga e difícil nas ruas.

APR 2: Outra forma de expor o “negócio criminoso” é através das sessões semanais de críticas, em que as crianças e os adultos têm de participar. Os norte-coreanos devem relatar o próprio mau comportamento e o de outras pessoas. Além disso, existem as buscas aleatórias nos lares para detectar se as pessoas estão ouvindo as rádios corretas, se os retratos dos líderes são mantidos limpos e se há alguma literatura proibida na casa ou apartamento. Provavelmente em nenhum outro lugar do mundo tantas Bíblias são escondidas no subsolo.

APR 1:  Estaremos vendo agora um pequeno testemunho de uma coreana que enfrentou esta grande tribulação; alertamos que, os fatos que serão ditos são verídicos, baseados em testemunhos reais. Preste atenção ao que for dito.
TEST. 1:

 APR 2: A Igreja perseguida existe, e isto não podemos negar. Como percebemos no testemunho, os cristãos passam por inúmeras provas para que neguem ao seu Deus. Mas eles preferem morrer a fazer isto.
APR 1: E nós como Igreja, podemos ajudar. Ajudar com nossas orações pelos missionários que vão para aquele país; orar pelos cristãos que precisam se esconder para cultuarem a Deus.  Uma outra forma de colaborar com a obra, é através das ofertas voluntárias os missionários que precisam se manter nesses locais, entre outras coisas. Vamos colaborar?
Grupo de Louvor para o Ofertório -  Tirar Ofertas e Dízimos - 
Apr. 2: Atualmente, A Constituição prevê a "liberdade religiosa", no entanto, na prática, o governo restringe severamente qualquer atividade religiosa, exceto o que possa ser supervisionado rigorosamente por grupos reconhecidos oficialmente, ligados ao governo. Quase todos os cristãos na Coreia do Norte pertencem a igrejas não-registradas e clandestinas. Lá eles oram discretamente e trocam algumas palavras de encorajamento.
APR1: O Estado não hesita em torturar e matar qualquer um que possua uma Bíblia, quer esteja envolvido no ministério cristão, organize reuniões ilegais, quer tenha contato com outros cristãos. Os cristãos que sobrevivem às torturas são enviados aos campos de concentração. Lá, as pessoas recebem diariamente alguns gramas de comida de má qualidade para sustentar o corpo, que deve trabalhar 18 horas por dia. A menos que aconteça um milagre, ninguém sai desses gigantes campos com vida.
APR. 2: De acordo com missionários, os cristãos norte-coreanos mantêm suas Bíblias enterradas nos quintais, embrulhadas em plásticos. Alguns pastores na China oram por doentes e pregam através de interurbanos feitos por telefone celular, segundo a reportagem. Tudo isso num intervalo de tempo que vai de cinco a dez minutos.
APR 1: Estamos vendo neste momento um pequeno vídeo que retrata o cotidiano desses cristãos norte-coreanos. Preste bem atenção caros telespectadores.

Vídeo

APR 2: Como pode-se obsevar, a vida de um cristão norte-coreano não é nada fácil. E nós como Igreja, precisamos orar por eles;
APR 1: Orar pelos milhares de cristãos que estão presos por causa de sua fé, em campos de trabalhos forçados, na Coreia do Norte.
APR 2: Peça a Deus que dê ao povo norte coreano a oportunidade de conhecer “dias melhores”, sem fome, sem guerra, sem violação dos seus direitos mais básicos à sobrevivência.
APR 1: Ore para que Deus se revele poderosamente aos norte coreanos e seus líderes.
APR 2: Ore pelos refugiados norte-coreanos, especialmente pelas mulheres (que frequentemente sofrem abusos) e pelas crianças.

APR 1: Vamos orar pela Igreja Perseguida na Coreia do Norte

Clamor pelo País –

APR 1: E você Igreja? Será que ignoras a Igreja Perseguida? Será que aproveitas a liberdade religiosa que o Brasil concede para proclamar o evangelho?
APR 2 :Será que Tens atendido ao chamado do Senhor ? Olhem, vejam! Os campos já estão brancos, mas são poucos os ceifeiros! Sabemos que a fé vem pelo ouvir e o ouvir pela palavra de Deus
APR 1: Mas, como ouvirão se não há quem pregue? Ninguém se dispõe a ir... É nosso dever Igreja, proclamar o evangelho! Tomemos por exemplo esses irmãos, que todos os dias sofrem abusos por não negarem sua fé!
APR 2: Será que você já parou para agradecer a Deus por viver em um país onde a escolha de religião é livre? Você já parou para imaginar o que seria da sua vida caso o Brasil fosse igual a Coréia do Norte?
As duas: Será que a igreja da capelinha está cumprindo o ide do senhor? Será que tem respondido “ Eis-me Aqui, Eu vou”?
Grupo 2
APR 1: Desde já agradecemos a oportunidade concedida e atenção de cada um de vocês. Que Deus os abençoe e Boa Noite.
APR 2: Boa Noite e aqui se encerra o ADEC News, o Jornal da Igreja Perseguida.

Trilha de término – Jornal Nacional

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu cometário sobre as postagens!
Obrigada!!