sábado, 30 de novembro de 2013

CANTATA DE NATAL

* As músicas pertencem ao CD de cantata natalina "Alegria"

(quando começar a narração, o coral deve ir entrando e se colocando em seu lugar)
Narração–Esta é a história do nascimento de um Rei. Prometido por Deus, anunciado por profetas e anjos, e esperado por muita gente. Nasceu pobre, na estrebaria de uma cidade  chamada Belém. Seu berço era um cocho, onde os animais comiam. Sem prata, sem ouro, sem glórias. Não teve súditos para mandar, teve amigos. No lugar de um cetro, apenas mãos estendidas para dar e acolher. Esta é a historia do nascimento de um Rei, que fez da sua vida, principalmente de sua morte, o bem supremo da humanidade. É a historia do nascimento de um Rei cujo reinado é eterno, sem fim. Esta é a história do nascimento daquele que seria o nosso Redentor! Preparem o caminho do Rei!O Seu reino chegou! Preparem o caminho de Deus!
Música 1: Prepare o Caminho – como abertura (todo o coral vai entrar e se colocar no seu lugar)
 (quando vir o solo dos instrumentos vem a narração)
Narrador: Há um momento na história em que nem a terra e nem o céu jamais esquecerão. Naquele momento, Deus, o Verbo Eterno, com seu inenarrável amor, sua sabedoria, poder e misericórdia, Se tornou um ser humano, e nasceu aqui na terra como um bebê. A terra recebeu a sua glória, a glória daquele que é o único, que veio do Pai, cheio de graça e verdade. Esta maravilhosa história de uma criança Santa, que nasceu em uma humilde manjedoura é a razão do Natal. Este maravilhoso presente vindo do céu é o maior dos milagres que hoje celebramos. Jesus Cristo! O Messias tão esperado! Prometido por Deus, anunciado pelos profetas.
Música 2: Prepare o Caminho – Reprise
Música 3: Erguei-vos já
Narrador: o mistério e a expectativa em torno das revelações de uma grande luz que viria, podem ser sentidos nas palavras do profeta Isaías.
Monólogo Isaías: Não me lembro bem quando tudo começou... Os sentimentos, os sons. No vento eu ouvia musica e vozes. Sonhava não necessariamente de noite. Quando já estava mais velho entendi que estava ouvindo a voz de Deus. Isso me deixava assustado. EU sabia o que o nosso povo costumava fazer com os profetas. No ano em que morreu o rei Uzias, vi o Senhor, erguido em sua majestade a perguntar a quem ele deveria enviar e eu respondi: envia-me. Dali em diante houve o tempo em que ele falou em palavras e símbolos tão poderosamente que me dobrei ante sua presença e meus ouvidos se deliciavam com suas profecias.  Ele me falava palavras tão lindas que eu tinha desejo de canta-las...
“ Levanta-te e resplandece, porque é chegada a tua luz e é nascida sobre ti a glória do Senhor; eis que as trevas cobrirão a Terra e a escuridão estará sobre os povos. Mas sobre ti o Senhor virá surgindo e a sua glória se verá sobre ti e nações caminharão para tua luz e reis para o resplendor da tua aurora. Porque um menino nos nasceu...”
E havia palavras sem sentido, como “a virgem conceberá e dará a luz um filho e seu nome será Emanuel, Deus conosco”. Que significam estavas palavras?
Sim, Que toda natureza se dobre a vontade de Deus!
Música 4: Um Tempo de Glória
Música 5:  Não há Paz em Belém
Narrador: A opressão sentida em Belém estava bem clara através das palavras amargas e revoltadas do caseiro que cuidava da hospedaria.
Monologo do Caseiro: (fala com raiva) “Você toma o que a vida lhe dá e tenta fazer dela o melhor possível, certo? bem, a vida não me deu muita coisa. Nasci aqui nessa cidade- uma aldeia considerada o lixo recusado da Judeia, com as botas dos soldados romanos em nossos pescoços... muita pobreza e ainda tenho de cuidar dessa hospedaria imunda. Pra mim, a vida foi... a vida é... uma boa porcaria.( parar o play back) Cidade de Davi! Que grande piada! Cidade... o velho rei Davi já se foi há muito tempo e nunca pisou por essas terras. Eu e minha esposa tentamos fazer aqui um lar para nossos filhos, mas que tipo de lar você pode construir com palhas e insetos por todos os lados, e hospedando até prostitutas? Os ratos que se espalham pelas palhas são os hóspedes mais limpos que tenho aqui (continua o play back) E sem falar nesse maldito censo romano! É outra piada... censo... É simplesmente mais um imposto pra pagar; bem, pelo menos nessa época, consigo hospedar muita gente; camas ocupadas, com gente até no teto!  Ganho um dinheiro a mais para pagar os impostos, mas não sobra nada pra ir embora daqui! Então naquela noite, alguém bateu a minha porta.Eu estava tão cansado que vim atender gritando: “vão embora, está tudo cheio... vocês são cedos, não há vagas ora...” ( começa música 6) vai se aproximando Maria e José, Maria com dores no peito e vai se aproximando do caseiro junto com José)
Música 6: Estranhos na Cidade
Monólogo do Caseiro – parte 2: (ele olha pra Maria com compaixão) quando abri a porta vi uma mulher, jovem e pobre. Como poderia mandá-la embora? Estava grávida... Até os animais encontram aqui um lugar para seus filhos nascerem. Lembrei do dia em que meu primeiro filho nasceu e me coração se comoveu...(o caseiro faz aponta para a manjedoura que deve estar atrás do coral; quando ouvir o choro do neném, o coral deve abrir o meio) Então, ofereci o que eu tinha: apenas uma estrebaria... Um lugar frio e seco, longe de todos... Uma manjedoura.”

NARRADOR – Estando eles ali, completaram-se os dias dela e deu a luz a seu filho primogênito: Jesus, o Filho de Deus!
Música 7: Alegria
Narrador: (começa a música) e a profecia se cumpriu: “E tu Belém Efrata, pequena vila da Judéia, serás o berço do meu Rei, que viverá para sempre”!
Música 8: Que haja luz

Monólogo do Pastor (sem música)
NARRADOR – Naquela Noite, quando a grande luz brilhou, nem todos estavam dormindo. Um pastor que cuidava do seu rebanho lembra muito bem do grande espetáculo de luzes e cores que aconteceu naquela noite...
PASTOR: Eu estava dormindo quando tudo aconteceu. Os outros pastores deram um pulo, ficarem de pé e me levantaram também. Pensei que tínhamos dormido demais e que o sol já havia nascido. Mas na medida em que acordei percebi que ainda era noite e que no céu havia muitas luzes, cores e música. Ouvimos uma voz que cortou os ares como o som de um trompete no templo dizendo: não temais! Na cidade de Davi vos nasceu o Salvador, Cristo, o Senhor! Os anjos cantaram louvores a Deus e depois foram embora, aos poucos, assim como a neblina se vai com o calor do sol da manhã. Naquela mesma noite eu vi o Bebezinho... Sua mãe o segurava e nós ficamos ao redor dela, maravilhados, em silêncio... (algumas pessoas neste momento, enquanto o pastor fala, devem se dirigir a manjedoura; é como se o que o pastor falasse fosse representado na hora, porém apenas a parte em que se dirigem a manjedoura; os pastores devem estar felizes; começa a música) Reconheci então que algo de maravilhoso estava acontecendo... algum tempo depois, avistamos uma poeira se levantar no horizonte( entram os 3 reis magos)... eram viajantes que estavam chegando... fiquei maravilhado vendo passar aquela caravana exótica e diferente... ( finge estar cheirando algo no ar) não... não era o cheiro dos camelos, era um cheiro familiar que eu já conhecia no templo... ah sim! Era incenso que se misturava com mirra...os viajants se curvaram lentamente diante da esposa do carpinteiro...reconheci então, que aquele bebê que eu vi  na manjedoura era o  Messias tão esperado... Jesus!
Música 09: A Jornada para a Luz
Narrador: E A luz do mundo veio de uma manjedoura com palhas secas. A luz aqueceu as palhas e a manjedoura se inflamou e incendiou a cidade de Davi. E brilha até hoje, como um farol através dos tempos para iluminar o povo que andava em trevas. Aleluia! A luz brilha!
Música 10: Aos que andavam em Trevas

NARRADOR – No principio era o Verbo, e o Verbo estava junto de Deus e o Verbo era Deus. O Verbo era a verdadeira luz que, vindo ao mundo, ilumina todo homem. E o verbo se fez carne e habitou entre nós, e vimos a sua glória, a glória que o Filho único recebe do seu Pai, cheio de graça e de verdade.
Música 11: Miscelânea (Quando estiver terminando a música, os personagens vão se levantar e olhar para o céu enquanto José ergue a criança para o céu; todo o coral deve terminar a cantata com os braços erguidos).









6 comentários:

  1. Qual o CD que foi usado e onde posso baixá-lo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      O Cd usado foi o Cantata de Natal Luz de Belem!

      http://carpamusic.blogspot.com.br/2012/03/cantata-de-natal-luz-de-belem.html

      Excluir
  2. Como faço pra conseguir as músicas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      O Cd usado foi o Cantata de Natal Luz de Belem!

      http://carpamusic.blogspot.com.br/2012/03/cantata-de-natal-luz-de-belem.html

      Excluir
  3. Respostas
    1. Olá!
      O Cd usado foi o Cantata de Natal Luz de Belem!

      http://carpamusic.blogspot.com.br/2012/03/cantata-de-natal-luz-de-belem.html

      Excluir

Deixe aqui seu cometário sobre as postagens!
Obrigada!!